segunda-feira, 31 de maio de 2010

CASA COR SÃO PAULO 2010

Começou no último dia 25, no Jockey Club em São Paulo, mais uma edição da Casa Cor… e mais Casa Hotel, Casa Kids e a Novidade Casa Talento.

Eu ainda não tive a oportunidade de visitar a Mostra, mas peguei algumas fotos e informações de alguns ambientes no site Casa.com

Segue abaixo, um aquecimento rs para quando eu for….. ai postarei minha fotos!

 

ambientes-casa-cor-2010_01

Casa Sustentável, por Fernanda Marques, arquiteta. Idealizado como um local multiúso, o espaço mescla o aconchego da madeira de demolição com a vanguarda do aço inox, presente não apenas nos gigantes painéis como também nos armários, nos eletrodomésticos e na adega climatizada. Toda a iluminação foi planejada com LEDs, inclusive para o trio de cilindros esculpidos em aço e fixados no teto. A área de convívio e lazer integra a cozinha gourmet com lounges que acolhem mesa de jogos e home theater. Troncos de árvores cortadas pela prefeitura de São Paulo servem como pilares no centro do ambiente.
Não deixe de ver!
1. O resultado de uma brincadeira de quebra-cabeça com a geometria e os volumes das chapas de aço forma os painéis na cozinha e na parede oposta à entrada. Os nichos vazados acomodam objetos como livros, copos, vasos e garrafas.
2. A arquiteta desenhou o enorme balcão gourmet com 6 m de comprimento, fabricado de Corian. A parte da frente, voltada para a sala, apresenta as mesmas curvas das luminárias do teto, esculpidas em baixo-relevo na peça.

ambientes-casa-cor-2010_02

Espaço Nova Era, por Ugo, Raul di Pace, arquitetos e Maria di Pace, publicitária. Em uma área de 200 m² voltada para o skyline de São Paulo, a sustentabilidade age como anfitriã. O corredor de acesso com piso drenante e paredes revestidas de tinta de barro (feita com a terra removida da obra) já apresenta algumas das obras de arte. “É a oportunidade de transmitirmos uma cultura diversificada aos visitantes. De peças raras de artistas brasileiros a pergaminhos históricos e esculturas italianas”, explica Ugo di Pace. A imensa sala de estar divide o espaço com um espelho d’água cercado por um jardim vertical de espécies tipicamente tropicais.
Não deixe de ver!
1. Confira a arte de diferentes épocas e cantos do mundo. Sob a lanterna gigante de ferro, pedras esculpidas d o Nepal, datadas de 1 300, dialogam com a leveza da mesa de vidro e as linhas modernas da poltrona do designer finlandês Alvar Aalto.

ambientes-casa-cor-2010_06

Casa de Campo, por Débora Aguiar, arquiteta. Erguer uma casa completa de 380 m² em menos de 30 dias ganhou desafio extra quando se descobriu uma árvore no meio do terreno. Integrada ao projeto e abraçada pela construção, ela se tornou o centro da casa. O exterior também invade espaços por meio de panos e da cobertura de vidro. Na sala principal, o aconchego de sofás generosos, muita madeira e tons calmantes. Quadros, esculturas e coleções acrescentam história ao lugar. “Me inspirei em um casal apaixonado que aos poucos forma seu acervo, seu canto, seu ninho”, revela a arquiteta.
Não deixe de ver!
1. A mesa feita com tábuas de madeira de demolição e o piso, também de demolição, são exemplos de opções da arquiteta por materiais sustentáveis. Repare como sua rusticidade se harmoniza com elementos modernos.
2. Revestimentos que remetem à natureza e completam a decoração com elegância fazem toda a diferença no acabamento da sala, como o mármore imperial light, da Euromarble, instalado acima da lareira, que funciona a gás.

ambientes-casa-cor-2010_07

Living, por Joia Bergamo, designer de interiores. “Sempre quis fazer o living na Casa Cor”, conta Joia, que concretiza o sonho num elaborado projeto onde usa referências de vários períodos. Ela combina elementos clássicos e contemporâneos para originar uma atmosfera de sarau. A ideia é resgatar os prazeres da vida reunindo os amigos para a leitura de um poema ou de uma conversa com boa música. Tudo numa proposta que retrata a passagem do tempo através de obras de arte, de lustres do século 19, da cadeira Red and Blue, design de Gerrit Rietveld criado em 1917, e dos sofás atuais de linhas retas.
Não deixe de ver!
1. Na parede, a imagem de uma mansão do século 19 foi reproduzida em uma lona com a técnica de impressão. A obra mede 4 x 2 m e sopra um ar clássico ao ambiente (execução assinada pela empresa Blue Concept).
2. “O preto continua tendência neste ano, confirmada no Salão Internacional do Móvel de Milão”, diz Joia. A cor aparece no sofá de seda e na mesa de madeira e vidro, ambos da Breton, que contrastam com o móvel laqueado branco.

ambientes-casa-cor-2010_08

Sala de Jantar do Gourmand, por Gustavo Jansen, arquiteto. Tecidos e objetos clássicos se equilibram harmoniosamente com outros detalhes modernos na decoração da sala de jantar, que inclui uma pequena adega onde o vermelho predomina. Ao redor da mesa oval Tulipa, de Eero Saarinen, um par de sofás, que remetem aos bistrôs parisienses, oferece assento, assim como as poltronas de Jorge Zalszupin. “A atmosfera vintage é quebrada com alguns detalhes contemporâneos e até pop, como a cor intensa do tecido que reveste as paredes”, diz Gustavo Jansen.
Não deixe de ver!
1. Ao lado da dupla de cadeiras Luís XVI, a tela do artista plástico Paulo von Poser, de 2,60 m de altura por 1,20 m de largura, retrata o marco zero da capital paulista – o Pátio do Colégio, cercado pelas vias e construções do entorno.

 ambientes-casa-cor-2010_12_ok

Porão, por João Armentano, arquiteto. Sempre reservamos parte da casa como depósito de materiais e peças não usados diariamente. O porão imaginado por Armentano é um desses lugares. Mas, para dar o tom lúdico, o profissional partiu da premissa de que um ratinho de bom gosto, isso mesmo, habita este porão na casa de um arquiteto. Com tempo de sobra para montar os próprios ambientes, o pequeno morador prepara dentro de caixotes de madeira réplicas de ambientes bacanas, como a sala fashion e o loft em preto e branco, com sobras de tecidos e miniaturas de móveis e objetos.
Não deixe de ver!

ambientes-casa-cor-2010_14

SuÍte do Casal Apaixonado, por Sueli Adorni, arquiteta e designer de interiores. Tons cinza aconchegam um casal fã de design e inovação. “Cinza, grafite, prata e amarelo são cores que se casam. Elas acalmam, dão sensação suave e gostosa ao quarto”, avalia Sueli. Os revestimentos se conciliam: tapete felpudo, cortinas de seda e uma mesa clássica de couro croco no quarto, mármore branco piguês e modernas pastilhas de inox no banheiro. Portas espelhadas dividem os ambientes. A arquiteta desenhou móveis de metacrilato – material mais resistente que o acrílico –, a exemplo do bar. Ao lado da cama, escultura de resina e aço de Eliete Vilela.
Não deixe de ver!
1. Releitura de um clássico, o lustre de metal e cristal é adornado por ramos de flores. Criação de Sueli em parceria com a Scatto Lampadário.
2. Desenhada por Sueli, a cama executada pela L´Vitrier tem base de vidro laminado da Guardian. “Adoro o material, que é contemporâneo e tem resistência garantida por vários testes”, conta a arquiteta.
3. Almofadas da Versace, de Milão, se combinam a outras e à colcha de seda do Empório Beraldin.

ambientes-casa-cor-2010_15

Quarto da Jovem Senhora, por Antonio Ferreira Júnior e Mario Celso Bernardes, arquitetos. Inserir um ambiente divertido num imóvel clássico foi a aposta da dupla, que primeiro aplicou molduras rebuscadas no quarto para então ousar em cores e no design contemporâneo. “É uma forma de fazer duas épocas contracenarem e de mostrar que dá para preservar o que existe de bom”, reflete Júnior. Pisos de alturas diferentes setorizam banheiro, com Silestone nos tons magenta e manga, e quarto, com pitadas de cor sobre a base de madeira da cama e do piso. Móveis e acessórios vintage e peças de Ester Gurevich, Velloso e Tagnini, acima da lareira, completam o mix.
Não deixe de ver!
1. O impressionante lustre Zeppelin, da renomada grife italiana Flos, atrai o olhar. Da Onlight.
2. Com o sugestivo nome de Fifty Cent, a poltrona traz fichas de pôquer no capitonê. Da Micasa.
3. A cama de carvalho natural desenvolvida pelos arquitetos exibe trilhos nas laterais que permitem mudar de lugar os encostos e nichos de laca, criando um décor dinâmico. Trabalho da marcenaria Madeirart.

ambientes-casa-cor-2010_16

Quarto da Jovem Vaidosa, por Cristina Barbara, designer de interiores. A atitude de uma garota antenada de 20 anos, amante de fotografia e moda, influenciou o mix de escolhas. “Quis mostrar que misturar tendências é permitido e revela personalidade”, diz Cristina, do escritório Barbara & Purchio Interior Design, lembrando que muitos jovens de hoje moram ainda na casa dos pais. Ela reuniu design de várias décadas. A cama é de madeira cortada a laser, assim como os espelhos, inspirados no passado. Já o brilho e as formas orgânicas dos anos 1980 dominam uma discoteca-camarim com mezanino, onde a moradora expõe toy art.
Não deixe de ver!
1. O camarim é composto da penteadeira de laca amarela, execução da marcenaria da Cozitec, e do banco-ícone de Warren Platner, de fios de aço, à venda na Firma Casa.
2. Pastilhas de vidro com purpurina, lançamento da Colormix, foram aplicadas sobre a estrutura de madeira que deu forma ao desenho ondulado. Por trás dela passam cabos de fibra óptica cujas extremidades garantem o aspecto estrelado da parede.

ambientes-casa-cor-2010_20

Saleta Íntima, por Clélia Regina Angelo, arquiteta. Quem entra aqui quer logo se esparramar no sofá ou na chaise que convidam para a leitura. As almofadas coloridas remetem às estampas que a arquiteta viu no Salão do Móvel de Milão deste ano, em estandes como Moroso e Vitra. “Pensei em um casulo urbano, um lugar para reflexão, para esquecer o corre-corre diário. A madeira nos devolve o contato com a natureza, nos acolhe”, sintetiza Clélia sobre o ambiente de 31 m². Madeira de reflorestamento, tecidos 100% algodão e materiais reciclados nos móveis refletem a preocupação atual com a sustentabilidade.
Não deixe de ver!
1. O revestimento de lambris de madeira amêndola (Indusparquet) foi aplicado na parede e no teto ondulado, que esconde por trás uma base de marcenaria.

ambientes-casa-cor-2010_21

Detalhe da Saleta Íntima, por Clélia Regina Angelo, arquiteta.
2. Entre as almofadas coloridas, modelos de patchwork da designer Ana Morelli e da loja Hits Kids & Teens (Corujinha).
3. A criativa arandela bolada pela arquiteta traz luz difusa, ideal para descansar. Sobre a chapa de madeira, imagem adesivada (Tergoprint.)

ambientes-casa-cor-2010_24

Cozinha Claude Troisgros, por Cynthia Pimentel Duarte, arquiteta. As duas estrelas desta convidativa cozinha de estar são europeias. A primeira, que batiza o nome do espaço, é o simpático chef francês Claude Troisgros, que comanda restaurantes no Rio de Janeiro e programas de gastronomia para a TV. “Tanto a área de convivência como a de trabalho, na ilha central, estão cheias de referências ao homenageado. E os detalhes vermelhos nos objetos e nas pastilhas de vidro contrastam com o cinza da bancada de Corian, do piso fosco cimentado e dos armários”, diz Cynthia. A outra estrela é a coifa dupla importada pela Kitchens.
Não deixe de ver!
1. Com um par de tubos de sucção, esta coifa italiana importada com exclusividade pela Kitchens tem uma placa oval de vidro (2 m de comprimento) que envolve os dois cilindros de aço inox, transformando-a em peça única.

ambientes-casa-cor-2010_26

Chocolateria, por Vicente Parmigiani, arquiteto. Ao evocar os antigos salões de chá e bonbonnières, Vicente usou materiais sustentáveis, a exemplo do refugo de madeira que cobre a parede das janelas. Vista à distância, cruzetas, pinho e peroba até lembram barras de chocolate. Não é à toa que a paleta de cores segue os tons de marrom, cru e bege, aguçando os sentidos na chocolateria. Painéis compostos de grandes placas de mármore com diferentes acabamentos proporcionam um toque refinado ao espaço. A persiana de seda se destaca e funciona como um elegante complemento da decoração.
Não deixe de ver!
1. O arquiteto elegeu três tipos de acabamentos diferentes do mármore da Forma Final Concept Store: no piso, é liso; já as paredes apresentam texturas como ondas e rajados. Esse efeito criou um movimento interessante para o olhar.

ambientes-casa-cor-2010_28

Estar do Marchand, por Maria Fernanda Correa (Piti), designer de interiores. Em meio a quadros, gravuras e fotografias, a tapeçaria também se eleva a status de obra de arte e merece lugar de destaque na parede, dividindo espaço com peças de artistas consagrados como Vik Muniz e Beatriz Milhazes. O living idealizado para um marchand, que faz da sua profissão também um hobby, tem um tom intimista e exibe uma iluminação difusa e periférica basicamente focada nas obras. “A escolha do mobiliário atemporal foi pensada para que não dispute atenção com a arte”, diz a designer de interiores Maria Fernanda Correa, a Piti.
Não deixe de ver!
1. Uma das estrelas da decoração deste ambiente é o tapete de lã estampado que foi pendurado na parede e, assim, ao mudar de função, faz as vezes de obra de arte. Da marca holandesa Brink & Campman.
2. O carpete da Casa Fortaleza Vitrine tem pelos longos e textura agradável. “É um elemento que traz aconchego”, diz Maria Fernanda, que usou móveis clássicos, como a poltrona de jacquard, para complementar o clima de conforto.

ambientes-casa-cor-2010_29_ok

Studio do Designer, por Saulo Szabó e Fernando Oliveira, arquitetos. O espaço descolado e funcional, projetado como estúdio e showroom de um jovem designer, tem apenas 10 m². Ali, os arquitetos Saulo e Fernando tiram partido da área compacta para organizar o setor de trabalho e o setor de exposição das peças produzidas com materiais reutilizados. Desenvolvida pela HAZ Design, a mesa de apoio V, também um revisteiro, alia madeira de demolição e compensado de madeira. Já o frigobar de estilo retrô recebeu pintura dourada. Para dar a sensação de amplitude, o espelho cobre uma parede e reflete a estante de gesso.
Não deixe de ver!

ambientes-casa-cor-2010_33

Terraço da Viúva, por Fabio Galeazzo, designer de interiores. A África serviu de mote para a varanda de estar, que convida a sentar em futons de 4 m e poltronas vintage e apreciar revestimentos incomuns. A lareira de pedra-sabão, a moldura de mosaico de ouro e a parede de bambu permitem que suas texturas realcem o espaço. “Quis misturar alta tecnologia e design com materiais rústicos belos por sua própria natureza, como o bambu”, diz Galeazzo, que trouxe da África chapéus iorubá e usou tecidos naturais nos estofados, como palha com couro e palha de buriti do Maranhão. Iraniano, o tapete tem desenho tribal reestilizado.
Não deixe de ver!
1. O mosaico de vidro fundido com ouro, da Bisazza, é puro luxo e chegou da Itália para o evento. Juntas, 30 camadas de pedra-sabão de Minas Gerais (Design Pedras Pagliotto) pesam 1 tonelada e formam a lareira, que funciona com etanol.

ambientes-casa-cor-2010_37

Studio Feminino, por Ana Bartira Brancante, arquiteta. Homenageando Sabrina Sato, a arquiteta Ana Bartira Brancante apostou em móveis e objetos lúdicos que representam a personalidade descontraída da apresentadora. Cores como roxo, vinho, cinza e preto emprestam um toque de glamour ao Studio, que reúne sala de estar, copa e quarto. Sobre a cabeceira da cama, obras do artista Lucio Carvalho, emolduradas em caixas de acrílico, fazem alusão ao centenário da imigração japonesa. “A proposta era criar um ambiente confortável, prático e elegante num espaço de apenas 25 m²”, diz a arquiteta.
Não deixe de ver!
1. Onduladas, as divisórias verticais de MDF laqueado separam o quarto da sala de estar. As peças giratórias levam assinatura de Ana Bartira e foram executadas pela Oliveira Movelaria.

ambientes-casa-cor-2010_39

Home Office, por Rosa May Sampaio, arquiteta de interiores e paisagista. Sobra conforto na ambientação de Rosa May Sampaio, que investiu em peças como o sofá de camurça e veludo marrom e na paleta neutra de cores para integrar visualmente biblioteca, escritório e sala de TV. “Procurei criar um lugar aconchegante e chique”, diz a arquiteta. A estante branca traz luminosidade ao contrastar com os elementos escuros. É ali que ficam os livros de decoração, arte e ciências e ainda a coleção de caixas de madeira de marchetaria com cenas de paisagens do Rio de Janeiro. Objetos de antiquário conferem personalidade ao espaço.
Não deixe de ver!
1. É difícil querer sair deste ambiente. Afinal, o sofá da Conceito: firmacasa convida a se esparramar sem cerimônia. O tecido com estampa que remete a pele de bicho das almofadas é lançamento da Osborne & Little (Miranda Green).
2. Uma antiga cama dobrável, que nômades usavam para atravessar o deserto, foi adaptada como mesa de centro. Com pés de madeira e ferro, a base recebeu couro trançado onde se apoiam objetos. A peça é do Antiquário Juliana Benfatti.

ambientes-casa-cor-2010_40

Loft do Jovem Investidor, por Leonardo Junqueira, arquiteto. Móveis e objetos de materiais especiais e silhuetas elegantes formam a parceria ideal no loft de 85 m². Somam-se a esses elementos obras de arte escolhidas a dedo e o resultado é um espaço contemporâneo com predomínio de tons masculinos: cinza, preto e bege. Atrás do confortável sofá, o painel de MDF cobre toda a parede e tem um nicho para expor fotos e gravuras pontuadas de cores mais vibrantes. O ambiente integra ainda cozinha e quarto, que mantêm a linguagem visual da sala de estar. Arrematando a decoração, o tapete marroquino de lã entra em cena.
Não deixe de ver!
1. As cores vibrantes estão pontuadas em pouquíssimos elementos, a exemplo da fotografia de Leonardo Kossoy e das gravuras (todas à venda na Passado Composto). Elas contrastam levemente com os matizes sóbrios predominantes.
2. Delicadas pastilhas de osso compõem um mosaico que forma o tampo da mesa de centro do Empório Beraldin. Sobre ela, livros e vasos de cerâmica de alturas diferentes dão origem a um interessante jogo de volumes.

ambientes-casa-cor-2010_41

Loft da Mulher Bem Resolvida, por Maricy Borges, arquiteta. O dinamismo e a praticidade da mulher contemporânea serviram de inspiração para a arquiteta integrar as áreas deste loft compacto. Soluções pontuais indicam uma moradora antenada a diferentes assuntos. Na linha sustentável, a iluminação com LEDs permite economia no consumo de energia e as madeiras tanto das superfícies revestidas quanto dos móveis são certificadas. A mesa de jantar de vidro criada pela artista Simone Kestelman inclui tampo com filetes de vidro reaproveitado que são levados ao forno para queimar juntos, formando uma peça única.
Não deixe de ver!
1. Na parede de madeira, observe a sutileza das tiras estampadas de metal. Elas são puxadores da Papaiz com desenhos florais da estilista Adriana Barra. Dispostas aleatoriamente sob o painel, medem 12 x 2 cm.
2. Adega, forno e cooktop são embutidos no móvel de laca de alta resistência, à base de poliéster (Brinna). Trazem textura aveludada e servem de apoio para a cuba e o tampo de Corian translúcido.

ambientes-casa-cor-2010_47

Loft do Cineasta Consagrado, por Marília Brunetti de Campos Veiga, designer de interiores. A sétima arte serviu de referência a este projeto que ocupa de forma inteligente 65 m². “Homenageamos o Fernando Meirelles. Na decoração, uma série de objetos remete a seu trabalho, o que inclui alguns storyboards criados por ele, além de filmadoras antigas e latas que armazenavam rolos de longa-metragem”, conta Marília. De qualquer ponto do apartamento – do quarto, da sala ou da cozinha –, o morador enxerga a TV estrategicamente posicionada. A luz natural suavizada pela cortina romana completa a sensação de aconchego que a decoração transmite.
Não deixe de ver!
1. Com duas bandejas removíveis, o carrinho Gastone (Kartell), do designer italiano Antonio Citterio, exibe estrutura pantográfica e pés de alumínio. Neste loft, funciona como mesa de apoio tanto para o sofá como para a poltrona.
2. A luminária Jieldé, surgida na França em 1953, cria o canto próprio à leitura. Atrás dela, quadro do paulista Fernando Ribeiro Ensaio sobre a Cegueira, título do livro de José Saramago que serviu de referência ao filme de Fernando Meirelles.

 ambientes-casa-cor-2010_48

Loft da Designer, por Angela Tasca, designer de interiores. Com laje aparente e ambientes integrados, a área de 100 m² segue o conceito dos lofts americanos, que ficam em antigos galpões industriais. Aqui, todos os espaços dialogam, mas o coração da casa é mesmo a cozinha. A tecnologia e o design estão alinhados nos equipamentos supersofisticados que facilitam a vida e, claro, agradam o senso estético. “Imaginei uma designer que tem como hobby cozinhar para os amigos. E, como gosto muito de verde, ele aparece em vários momentos”, diz Angela. O piso de madeira certificada ameniza a frieza do concreto.
Não deixe de ver!
1. A italiana Pininfarina, famosa por desenhar Ferraris, assina a nova linha de eletrodomésticos da eslovena Gorenje, que tem representante no Brasil. Coifa, geladeira, forno e fogão apresentam sensores digitais e um design atualíssimo.
2. Para fazer companhia aos eletrodomésticos, os armários de alumínio e aço da Securit apresentam formas limpas. Na hora de abri-los, nada de puxadores, basta um leve toque nas portas. Bancada de granito e mesa de Marmoglass.

ambientes-casa-cor-2010_49

Loft da Executiva de Sucesso, por Denise Barretto, arquiteta. Os materiais sustentáveis e naturais imperam neste amplo espaço em que vive uma mulher bem-sucedida. Os filetes de peroba de 1 m x 3 cm revestem tanto o piso como as principais paredes. Para manter a privacidade no quarto sem reduzir o ambiente, a profissional preparou uma divisória ripada da mesma madeira. A mesa com tampo de vidro está apoiada, de um lado, em um pé em T do mesmo material e, do outro, em um pedaço de galho tratado. Peças de design dos anos 1950 e 1960 complementam a homenagem que Casa Cor faz a Lucio Costa.
Não deixe de ver!
1. O aparador laqueado Code (Dpot) serve de mesa lateral a quem está na cama. Pode medir 2,50 m de comprimento e seus módulos de gavetões permitem guardar objetos, roupas e até sapatos.
2. A Paulistana, poltrona de Jorge Zalszupin dos anos 1960, vem revestida de couro amassado e textura aveludada (Empório Beraldin). Atrás da divisória, a chaise Joaquim, de Porfírio Valladares, inspirada em Joaquim Tenreiro, é feita de sobras de madeira compensada (Dpot).

ambientes-casa-cor-2010_54

ambientes-casa-cor-2010_55

Terraço, por Ana Paula Faria, designer de interiores. Enquanto o gourmet prepara comidinhas e drinques de um lado, os amigos degustam e relaxam de outro. Na cozinha-balcão gourmet com revestimentos atemporais e práticos, a designer optou por aliar o deque de madeira itaúba frisada à cor preta do spa e de revestimentos como vidro. “O preto sofistica a varanda, que hoje é um importante canto de lazer de casas e apartamentos”, comenta Ana Paula. A iluminação indireta e com LEDs coloridos no deque dá um tom intimista. Os móveis são todos de fibra sintética, para suportar com leveza os humores do tempo.
Não deixe de ver!
1. O spa preto acomoda até seis pessoas e é próprio para o relaxamento, proporcionando os benefícios da cromoterapia, além de 12 jatos de hidromassagem (Shopping das Banheiras). A iluminação com LEDs (Estiluz), embutida no deque, cria um efeito cênico.

Detalhe do Terraço, por Ana Paula Faria, designer de interiores.
2. Na bancada, ponto para o mármore crema paraná, de origem brasileira, fornecido pela Stone Gallery. Os demais revestimentos são pretos para facilitar a manutenção da varanda.

ambientes-casa-cor-2010_59

Jardim da Família, por Roberto Riscala, paisagista. Imagine um belo jardim onde a família e os amigos se reúnem para desfrutar um dos melhores prazeres da vida, que é saborear uma boa refeição com gente querida. Pois Roberto Riscala idealizou a mesa Degustativa, feita de teca, madeira resistente para áreas externas, que proporciona o convívio entre as pessoas. Uma mini-horta, com manjerona, alface, alecrim, sálvia, entre outras delícias comestíveis, foi plantada diretamente nas jardineiras laterais que compõem o móvel. “Mais do que contemplar, este é um jardim para ser usado”, resume o paisagista.
Não deixe de ver!
1. Nos 500 m² do jardim espalham-se camélias, gardênias, murtas e capim-do-texas. No centro, fica a mesa de refeições. Feita pela Mateca Prima, ela desperta os sentidos. Seu inventivo desenho permite colher a salada direto da mini-horta.
2. As cadeiras de fibra sintética da Armando Cerello são próprias para ficar ao ar livre, expostas ao tempo, e fazem boa parceria com a mesa de teca. O tom neutro das peças encontra harmonia no verde das plantas.

ambientes-casa-cor-2010_60

Casa Festa, por Fabiana Sá, arquiteta. Bela harmonia entre o rústico e o chique, assim se caracteriza o projeto de arquitetura e decoração da sala de estar integrada a uma cozinha gourmet. Ideal para receber os amigos, o ambiente brinca com a altura das peças – a dupla de chaises mais baixas se contrapõe à mesa lateral mais alta. Os encontros durante o dia são embalados pela luz e ventilação naturais, o que justifica ao pé da letra a expressão italiana dada ao espaço – al fresco. Para completar o cenário, um espelho d’água e plantas arbustivas envolvem toda a área.
Não deixe de ver!
1. Toras de madeira com encaixe macho e fêmea sustentam a laje superior e permitem a circulação constante de ar, sem a necessidade do uso do ar-condicionado em dias de temperatura mais quente. Material fornecido pela Madeira Velha.
2. A mesa lateral da Cecilia Dale (90 cm de altura) possibilita o uso de enfeites tanto sobre o tampo como embaixo dele. À distância, o móvel parece de ferro, mas é de madeira com acabamento que imita pinturas aplicadas em peças de metal.

ambientes-casa-cor-2010_63_ok

Adega do Colecionador, por Priscila Baliu e Silvia Franchini, arquitetas. O proprietário deste espaço imaginado pela dupla de arquitetas é um jovem que gosta do clima intimista e invernal para poder degustar os rótulos selecionados a dedo. Em um local de 23 m², os encontros são embalados por som ambiente e há ainda a possibilidade de saborear o vinho em um pequeno lounge externo, aconchegado com uma lareira. As duas torres de vidro são separadas por uma bancada que permite o apoio não só das taças como também dos acessórios necessários para servir a bebida.
Não deixe de ver!

ambientes-casa-cor-2010_69

Floricultura, por Paulo Gazola, designer de interiores. Inspirado em uma serralheria da época do Brasil Império, em Itu, SP, Paulo Gazola criou este espaço intimista, com um sopro de rusticidade, na medida certa para exibir vasos e arranjos de flores e folhagens. Tecidos de padronagens florais e listradas trazem a elegante combinação de azul e branco. “Brinquei com diferentes estampas e segui as várias tonalidades de azul para criar unidade visual”, diz o designer de interiores. Ele mesclou móveis e objetos de madeira vindos da Indonésia com peças inglesas do século 19.
Não deixe de ver!
1. O lustre de ferro com 18 braços – desenho de Paulo – foi feito artesanalmente. “A intenção era mostrar as marcas do trabalho manual”, ressalta. Imponente a luminária da Reserva Pessoal Interiores: 1,40 m de altura por 1,20 m de diâmetro.

ambientes-casa-cor-2010_73

Loja e Lounge de Saída, por Zoe Gardini, arquiteta. Depois de passear pela Casa Cor e se inebriar com tanta informação visual, o corpo e os olhos pedem descanso. Por isso, no ambiente que reúne loja, café e lounge de saída com home theater, predominam tonalidades suaves e móveis confortáveis para relaxar, enquanto se espera o carro, trazido pelo manobrista. A combinação de materiais como o piso de porcelanato fosco e a tábua de madeira de demolição está presente no projeto de Zoe. Uma surpresa para os visitantes é o painel de 8 m feito de pastilhas de vidro que reproduz uma obra de Romero Brito.
Não deixe de ver!
1. “Quis simular o conforto de uma casa”, explica Zoe Gardini. Não é à toa que a arquiteta optou pelo piso pronto de tábua de madeira de demolição, lançamento da Casa Fortaleza Vitrine, que aquece a sala de estar com base branca.
2. Objetos vindos de várias partes do mundo se encontram para trazer um toque artesanal. É o caso da dupla de escultura de pedra importada da Indonésia, à venda no Espaço Til: acredita-se que atraia bons fluidos.

ambientes-casa-cor-2010_76

Loft do Jogador de Polo, por Simone Goltcher, arquiteta. Para incorporar os hábitos do esportista que dá nome ao espaço, a profissional convidou o polista Rico Mansur a dizer como gostaria que fosse seu loft. O ar descontraído aparece em detalhes, assim como as referências aos jogos de polo. “O clima de sofisticação está até no revestimento da parede, com os tijolos de cerâmica importados da África do Sul. Optei pela junta seca, assentamento sem rejunte aparente”, afirma Simone. A estante de quase 5 m de comprimento produzida de Corian acomoda troféus, livros, esculturas e objetos apreciados por Mansur.
Não deixe de ver!
1. A mesa de Corian diante do sofá tem um apelo funcional com que os mais baladeiros se identificarão. Em dias normais, a parte central funciona como revisteiro, mas nas reuniões com amigos embaladas em música e drinques ela vira uma champanheira, com garrafas de bebida e gelo.

ambientes-casa-cor-2010_81

Quarto do Jovem Atleta, por Moreno, designer. O ambiente faz uma homenagem ao skatista Sandro Dias, o Mineirinho. O conceito utilizado por Moreno foi o da evolução do homem a partir do macaco. Tons de marrom café e preto remetem aos primórdios da humanidade, enquanto desenhos diagonais e agressivos do forro de gesso simbolizam a velocidade do esporte, também presente nos espelhos cortados na forma de estilhaços colados de forma desordenada na parede.

ambientes-casa-cor-2010_83

Jardim de Encontros, por Monica Verde, paisagista. Oferecer uma recepção carinhosa aos visitantes da mostra foi o que motivou a profissional Monica Verde a criar este Jardim dos Encontros. Trata-se de uma área de estar, contemplação e relaxamento junto à natureza. O deck de eucalipto é envolvido por uma cerca rústica, feita com troncos de árvores de reflorestamento, que contribui para dar privacidade e acentuar o clima de aconchego do espaço.

BIBLIOTECAS!

Sou amante de livros! Entre os meus hobbys, ler é um dos primeiros…. esta ali juntinho com ouvir muita música e cinema …

Estou fazendo uma pesquisa em banco de imagens, pois jaja vou me mudar de residência e quero um espaço especial para meus livros e para mim…

Achei muita coisa legal, e várias idéias… vou compartilhar com vcs! Espero que gostem!

 

white-and-black-room-582x371 book-shelves-3 foyer-shelf-582x436 home-library-1-582x363 home-library-2-582x428 home-library-4 home-library-6-582x352 home-library-7-582x357 home-library-582x388

domingo, 30 de maio de 2010

BANHEIROS, BANHEIRAS E LAVABOS

10 dicas para Banheiros, Banheiras e Lavabos!

Aproveite!

Ótima semana para voces!

 

beautiful-bathroom-582x327 aiiki-582x415 amazing-bathroom-582x436 Ambrosia_6636_F_HiRes_RGB-582x436 Ambrosia_6636_Podium_CloseUp_HiRes_RGB-582x436 Ballade-RGB-hires-582x465 bathroom-arrangement-582x334 bathroom-decor-582x464 bathroom-design-ideas-582x436 bathroom-interiors-582x469