quarta-feira, 2 de julho de 2008

- PROJETO DE ILUMINAÇÃO PARA COZINHA

Este espaço foi pensado para um homem que pouco fica em casa, mas gosta de cozinhar para os amigos. Assim, a designer de interiores Simone Goltcher, de São Paulo, dividiu-o em áreas operacional e social, criando cenários planejados pela La Lampe. Para uso diário, ela recomenda a iluminação completa ligada, que podeer modificada através de um comando de voz. Ambiente da mostra Casa Cor São Paulo 2008.



1 - Luz diretaPendentes com lâmpada halógena pino (20 w) iluminam a bancada de refeições.

2 - Luz de trabalhoLâmpadas fluorescentes (15 w) embutidas sob os armários clareiam as prateleiras e áreas de trabalho de forma mais econômica.

3 - Luz geralNo dia-a-dia, a cozinha é iluminada por embutidos dicróicos e luminárias Wal T5 com quatro lâmpadas halógenas de 60 w, que podem ser acendidos separadamente.


Fonte: Arquitetura & Construção